Na contramão da crise, GFT Brasil expande operação local

Na contramão da crise, GFT Brasil expande operação local

Apesar dos desafios econômicos, companhia de Tecnologia da Informação especializada no setor financeiro fortalece atuação local com ampliação do seu centro de desenvolvimento

São Paulo, 08 de Junho de 2015 – Mesmo diante de um cenário econômico desfavorável, que está sendo caracterizado por um ano marcado por inseguranças políticas e econômicas, a operação brasileira do Grupo GFT, provedor global de Tecnologia da Informação especializado no setor financeiro, está remando contra a maré.

O fortalecimento da atuação e crescimento da companhia no País é constatado com a expansão dos seus centros de desenvolvimento localizados em Sorocaba e Alphaville. Estas plantas combinadas acabam de ter suas instalações ampliadas para atender um time de 500 profissionais. Das 100 posições abertas para o primeiro semestre deste ano, ainda há 38 em aberto para profissionais de Tecnologia da Informação e áreas correlatas, no entanto, um grande número de novas vagas estão em linha de se materializarem neste segundo semestre.

Para o managing director Latam do Grupo GFT, Marco Santos, a boa posição da companhia frente a este cenário, se deve, principalmente, a três fatores. O primeiro deles é a experiência e capacidade de Inovação em projetos de Mobilidade, BigData Analytics e Transformação Digital e, o segundo, o foco em Novos Modelos de Desenvolvimento Ágil, Entrega Continua, DevOps alinhados com a filosofia de Excelência Operacional. “Estes fatores de sucesso conjugados com nosso core business, TI para o segmento financeiro, estão alavancando a demanda de nossa operação brasileira a partir de projetos nas áreas de seguros, cartões e bancos de varejo que buscam inovação e eficiência operacional para driblar a crise”, confirma Santos.

O terceiro ponto que contribuiu para a empresa fortalecer a atuação no País em meio aos desafios econômicos, foi a recente aquisição da empresa britânica de consultoria empresarial e de TI, Rule Financial, que fortaleceu a operação brasileira através do acesso a contratos internacionais com bancos que poderão fazer roll out para as plantas estabelecidas no País. A GFT Brasil também passa a fomentar todo o potencial desta aquisição no mercado latino-americano com a operação da Costa Rica trazida pela consultoria britânica. “Agregamos novos serviços e ofertas ao nosso portfólio, especialmente no que tange à consultoria e revisão de processos em TI para Bancos de Investimento e Mercado de Capitais”, acrescenta o executivo.

No final do primeiro trimestre de 2015, a companhia aumentou sua força de trabalho no Brasil em 53% em comparação ao mesmo período do ano anterior. E a perspectiva para o fechamento do segundo trimestre é aumentar em quase 20% o número de funcionários. Quanto ao crescimento no volume de negócios, a operação brasileira prevê uma expansão de 45% em relação ao ano passado.

A frente Global Delivery Model da operação brasileira, por sua vez, que se baseia na exportação internacional de projetos e serviços de TI, onde fechamos nestes três primeiros meses 5 novos projetos. “Esta divisão, além de ser um dos nossos diferenciais, contribuiu para termos uma abordagem forte e profissional, que contempla consultoria e desenvolvimento de projetos baseados em alta eficiência operacional, Metodologia Agile e Entrega Continua que, finalmente, remete a custos mais competitivos”, pontua Santos.

Para manter-se à frente do mercado na atual conjuntura econômica, a companhia está investindo em Centros de Excelência e Práticas de Especialização. “Conseguimos vencer a inércia do mercado local brasileiro através de um crescimento contínuo, especialmente por conta das demandas de mobilidade, BigData Analytics, Transformação Digital, Modelo de Entrega Ágil e DevOps de instituições financeiras”, finaliza o Santos.

“Conseguimos vencer a inércia do mercado local brasileiro através de um crescimento contínuo, especialmente por conta das demandas de mobilidade, BigData Analytics, Transformação Digital, Modelo de Entrega Ágil e DevOps de instituições financeiras””
Marco Santos GFT Latam MD
Marco Santos