Brasil investe no 1º centro de competência especializado na ferramenta Google Web Toolkit

Brasil investe no 1º centro de competência especializado na ferramenta Google Web Toolkit

O Grupo GFT, provedor global de soluções de TI para o setor financeiro investe na agilidade de seus projetos com o lançamento de seu centro de competência dedicado ao uso da ferramenta de desenvolvimento web do Google

São Paulo, 7 de junho de 2012 – A apresentação das informações na internet está cada vez mais alinhada aos hábitos da Geração C (Connected Collective). Sua capacidade de conectar e compartilhar provoca uma avalanche de informações na internet, adicionando ‘tera-peta-bytes’ de novos textos, imagens, gráficos, planilhas, audios e vídeos em uma base contínua e cooperativa. Os usuários deste fenômeno invariavelmente cresceram no ambiente 2.0, no qual as ferramentas são intuitivas e de fácil utilização.

Atento aos rumos dessa geração em relação ao uso da internet e das novas tecnologias que utilizam, o Grupo GFT, provedor global de soluções de TI para o setor financeiro, que é reconhecido no mercado por detectar e promover aplicações de Tecnologia da Informação de vanguarda, acaba de lançar no Brasil seu centro de competência focado no desenvolvimento de projetos baseados em Google Web Toolkit (GWT), com o objetivo de acelerar o desenvolvimento de aplicações web para clientes.
 

Entre as vantagens apresentadas pela GFT que são inerentes ao GWT está a redução das horas investidas em cada projeto, bem como a diminuição do envolvimento de diferentes especialistas. Além disso, a aplicação resultante permite ao usuário final uma experiência mais agradável.
 

Tradicionalmente aplicações web de vanguarda demandam vasto emprego das técnicas e tecnologias popularmente denominadas AJAX/RIA. Estas demandam profissionais de diversas especialidades, tais como HTML/CSS, JavaScript ou ainda ferramentas como Flex/Flesh. A resultante destas combinações é uma aplicação pouco estruturada e de alta complexidade de manutenção.
 

Diante desse cenário, o GWT facilita a programação. Com ele é possível trabalhar na construção e manutenção de aplicativos usando o JAVA e a própria tecnologia GWT converte o código JAVA em código Javascript e HTML, funcionando automaticamente em todos os principais browsers do mercado, como Internet Explorer, Firefox e Safari.
 

Segundo Constantino Cronemberger, arquiteto do núcleo GWT da GFT, a ferramenta do Google é muito mais do que um simples framework. “Trata-se de um kit revolucionário que permite uma maior produtividade para os programadores e muito mais desempenho para os usuários”, afirma ele.
 

Para os projetos GWT, o Grupo GFT contabiliza recursos de alta especialização no Brasil. “Com o uso GWT, é reduzido tanto o número de especialistas necessários para se dedicar a um projeto web, quanto o tempo de desenvolvimento”, avalia Cronemberger.
 

A GFT está desenvolvendo uma suíte de ferramentas com foco no mercado brasileiro para facilitar ainda mais o uso do GWT. “Esse conjunto de bibliotecas vai auxiliar no desenvolvimento de novas aplicações, tornando os processos ainda mais fáceis, rápidos e com melhor qualidade de desenvolvimento. Em outras palavras, não será necessário reinventar a roda. As funcionalidades que utilizamos com frequência já estarão disponíveis na suíte de ferramentas”, aponta o arquiteto do núcleo.
 

De acordo com o country managing director da GFT Brasil, Marco Santos, o uso do GWT vai ao encontro das aplicações 2.0 e, consequentemente, das exigências de comunicação da Geração C. “Devemos pensar com urgência em novas formas de se trabalhar e oferecer conteúdos para satisfazer as pessoas que são totalmente familiarizadas com ambientes 2.0 e estão sempre em busca de melhores recursos” finaliza Santos.

Devemos pensar com urgência em novas formas de se trabalhar e oferecer conteúdos para satisfazer as pessoas que são totalmente familiarizadas com ambientes 2.0 e estão sempre em busca de melhores recursos.”
Marco Santos Managing Director Latam
Marco Santos