Todos os bancos que operam no mercado de capitais devem cumprir um volume crescente de regulamentações financeiras, que também estão aumentando em complexidade. Regulamentações emergentes, como a Fundamental Review of the Trading Book (FRTB), significam que os bancos precisam gerenciar enormes volumes de dados de novas maneiras e realizar cálculos de risco abrangentes que satisfaçam o regulador.

Para muitos bancos, a pressão da conformidade regulatória apresenta uma série de desafios, incluindo:

  • Gestão de dados

  • Analytics e análise

  • Alinhamento e consistência

  • Tecnologia e inovação

  • Governança e controle

A conformidade regulatória contínua pode oferecer uma vantagem competitiva poderosa, mas também adiciona um grande custo adicional de se fazer negócios. Para manter os custos sob controle e mitigar o risco de conformidade, todo banco precisa adotar uma abordagem estratégica de conformidade regulatória que esteja alinhada com sua estratégia de negócios. Porque?

A conformidade regulatória bem-sucedida está cada vez mais relacionada ao gerenciamento de dados e tecnologias de forma estruturada e sistemática. Os bancos que adotam um bom gerenciamento de dados serão capazes de lidar com um corpo de regulamentações em constante mudança, com confiança e de forma econômica.

Reconhecimento de mercado internacional

O que o Everest Group diz sobre a GFT

A GFT foi posicionada como Major Contender no Open Banking IT Services PEAK Matrix™ Assessment 2021.

O Everest Group classifica os principais provedores de serviços em todo o mundo em Leaders, Major Contenders e Aspirants, com base na visão e capacidade de cada provedor e no impacto no mercado no domínio específico de serviços de TI em open banking. 

 

 

Saiba mais

Alinhe dados com conformidade regulatória e lucratividade

A GFT pode ajudá-lo a obter uma visão estratégica de seus dados, para que você possa atender aos requisitos regulatórios atuais e se preparar para aqueles que ainda não foram especificados.

Como? Os dados são a força vital dos serviços financeiros. Todos os bancos consomem e processam uma ampla gama de dados, de uma ampla fonte para uma ampla gama de finalidades; desde a tomada de decisões de front-office até os relatórios de back office. Os bancos também são geradores de grandes quantidades de dados. Adotar uma abordagem estratégica para conformidade significa armazenar e gerenciar dados de forma estruturada, para que eles possam ser analisados e uutilizados sem exigir um grande investimento em TI.

Os regulamentos geralmente exigem o processamento e a análise de grandes volumes de dados. O FRTB exige que os bancos calculem e relatem sua exposição diária ao risco, envolvendo grandes volumes de dados em todas as classes de ativos, para as abordagens de modelo padrão e interno. Isso requer um imenso poder de computação e uma abordagem RegTech para conformidade.

A cloud é uma solução preparada para o futuro que pode oferecer uma abordagem escalável da RegTech que combina tecnologia e inovação para ajudar a resolver os desafios de conformidade regulatória. Com a abordagem certa, você pode aproveitar o poder combinado da cloud e das grades de computação de alto desempenho (High-Performance Computing - HPC) para realizar cálculos complexos, como reavaliações completas para Risco de Crédito de Contraparte (Counterparty Credit Risk - CCR) e a ambição de calcular o risco em tempo real, em vez de durante a noite, atendendo ao que é conhecido como Regulamento de Requisitos de Capital (Capital Requirements Regulation - CRR2).

HPC a e cloud

Os participantes do mercado de capitais que já processam grandes volumes de dados provavelmente já estarão utilizando o poder da computação em grades locais para realizar grandes cálculos computacionais, embora a capacidade de processamento seja limitada pelo tamanho físico do computador. A maioria das grades locais são dimensionadas para lidar com a capacidade padrão, além de um pico noturno no processamento de simulações e relatórios, mas não podem ser facilmente escalonadas para acomodar reexecuções potenciais decorrentes de 'erros de dados' ou para lidar com novos requisitos de cálculo regulamentares.

Tais desafios surgem do uso de uma pilha de tecnologia local, onde sempre existe o risco de excesso de capacidade na maioria das vezes e capacidade insuficiente em outras, com o risco de surgir um novo processamento no início do próximo dia de negociação. Acreditamos que, com a estratégia de cloud certa, esses riscos podem ser eliminados. 

Como? Ao implantar nós de processamento de grade para a cloud, os participantes do mercado de capitais são capazes de "aumentar" a capacidade de computação suficiente para lidar com o processamento de negócios durante o dia e, em seguida, aumentar isso durante a noite ou quando cálculos adicionais grandes e complexos são necessários para fins de conformidade. HPC é o caso de uso perfeito para utilizar a elasticidade da cloud e não há dúvidas de que migrar HPC para a cloud é essencial para simplificar a conformidade regulatória, diminuir o risco de não conformidade e garantir que a conformidade seja incorporada à estratégia de negócios.

Leia mais sobre HPC e a cloud

High Performance Computing in the cloud

Although widely acknowledged as a potentially game-changing capability, the adoption of cloud technology for High Performance Computing (HPC) is (...)

High Performance Computing Research Paper

This survey was conducted to examine the current usage and future trends in how High Performance Computing (HPC) is being used within financial (...)

GFT Cloud readiness assessment

The GFT approach combines a triedand-tested practical assessment of the legacy architecture and an evaluation of the maturity of the candidate (...)

High Performance Computing in the cloud

Although widely acknowledged as a potentially game-changing capability, the adoption of cloud technology for High Performance Computing (HPC) is (...)

High Performance Computing Research Paper

This survey was conducted to examine the current usage and future trends in how High Performance Computing (HPC) is being used within financial (...)

GFT Cloud readiness assessment

The GFT approach combines a triedand-tested practical assessment of the legacy architecture and an evaluation of the maturity of the candidate (...)

A GFT é o seu parceiro ideal para serviços em cloud

A GFT pode ajudá-lo a explorar os diversos benefícios da cloud para seus negócios, criar uma prova de valor e migrar para a cloud a fim de criar eficiências e valor de negócios e obter uma visão holística de seus dados para conformidade e outros fins. Participamos da cloud desde o seu início e podemos ajudá-lo a implementar uma estratégia de cloud que é impulsionada por benefícios de negócios, seja um modelo híbrido, cloud pública ou privada ou cada vez mais uma solução envolvendo várias clouds.

A GFT tem experiência prática incomparável que abrange tecnologias legadas e de cloud e pode ajudá-lo a aumentar sua agilidade regulatória, adotando métodos modernos, incluindo DevOps e microsserviços.

A GFT tem parcerias com todos os principais provedores de serviços em cloud e tem um profundo conhecimento de tecnologias relacionadas à cloud, como Anthos, Kubernetes, DataSynapse, Apigee e Apache Kafka, entre outros.

Temos uma gama de soluções, ferramentas e aceleradores que oferecem uma jornada guiada para a cloud e a GFT oferece uma "zona de pouso” tranquila onde você pode construir um datacenter virtual de confiança.

Também oferecemos gerenciamento híbrido e multicloud, principalmente com o uso do Anthos do Google, que é capaz de gerenciar perfeitamente um ambiente local e em cloud ou multicloud, a partir de uma única interface.

Os participantes do mercado de capitais tradicionalmente evoluíram com uma grande variedade interconectada de tecnologias e serviços locais que se desenvolveram ao longo de muitos anos, senão décadas, formando o que costuma ser conhecido como um monólito de tecnologia complexo, desatualizado e complexo. Usando uma vasta gama de tecnologias desatualizadas, o resultado é uma combinação complexa de tecnologias locais, em cloud e de terceiros que desafia a mudança, uma vez que todo o monólito sustenta todo o negócio.

Embora possa não ser possível, prático ou desejável mover todo o monólito para microsserviços, aplicativos específicos podem se beneficiar enormemente por serem movidos para a cloud e reengenharia usando uma arquitetura de microsserviços que pode ser atualizada e melhorada continuamente. A GFT tem ampla experiência em ajudar os clientes a explorar os benefícios dos microsserviços, desde a prova de valor até o produto minimamente viável (Minimal Viable Product - MVP) até a migração completa, com planos de envolvimento adaptados para atender às suas necessidades específicas.

A GFT tem uma vasta experiência de trabalho com participantes do mercado de capitais, de bancos de investimento globais e domésticos, empresas de investimento, gestores de patrimônio, bolsas e muitos outros participantes do mercado. Nossos processos rápidos de integração de clientes para novos contratos são baseados em uma vasta experiência de aceleração rápida para acelerar a entrega do projeto e os benefícios para o cliente.

Andrew Rossiter

Seu contato para mais detalhes

Andrew Rossiter

Head of Technology Services