Aceite cookies de marketing para assistir a este vídeo

As tecnologias cognitivas desempenharão um papel importante na construção do banco do futuro e esse futuro não está longe. Foram dados saltos gigantes que permitem que uma grande quantidade de dados seja armazenada, analisada e distribuída em tempo real ou quase em tempo real. Novos tipos de algoritmos também significam que as máquinas agora têm uma compreensão dos dados, além da capacidade de aprender, que seria inconcebível apenas alguns anos atrás.

Ao aproveitar o poder da inteligência artificial (IA) para transformar a forma como os serviços financeiros são fabricados, entregues e gerenciados, os bancos são capazes de:

  • Melhorar a experiência do cliente;
  • Entregar novos produtos e serviços que estão mais alinhados às necessidades do cliente;
  • Alcançar e manter a excelência operacional.

As tecnologias cognitivas significam que o canal de comunicação com o cliente está sempre aberto, para que os produtos e serviços possam ser continuamente atualizados e refinados para atender às necessidades exatas do cliente. Em um banco cognitivo, os computadores não apenas processam: eles aprendem. Cada interação com o cliente é uma oportunidade de aprendizado e um banco pode responder de acordo.

Por que investir em bancos cognitivos?

Ofereça uma experiência bancária totalmente personalizada

Como as necessidades financeiras emergentes são previstas com mais rapidez e precisão, os bancos podem oferecer serviços relevantes de forma proativa quando e onde forem necessários.

Alcançar e manter a excelência operacional

As tecnologias cognitivas aumentam a eficiência do back-office aumentando a automação, reduzindo erros e agrupando dados de fontes distintas. Em muitos casos, a análise pode ser realizada em tempo real, tornando o banco mais ágil e responsivo.

Gerenciar riscos de forma mais eficaz

Os bancos podem extrair e aproveitar os dados do cliente para estimar com mais precisão o risco associado a cada cliente. Uma melhor gestão de risco se traduz em uma maior capacidade dos bancos de equilibrar risco e atratividade em suas ofertas.

As tecnologias cognitivas desempenharão um papel importante na construção do banco do futuro - um futuro que não está longe. Saltos gigantescos foram dados em termos de gerenciamento de dados e novos tipos de algoritmos também significam que as máquinas têm uma capacidade de aprender que não era concebível alguns (...)”
Ignasi Barri Vilardell Director of digital strategy, Global business development
Ignasi Barri

Por que escolher a GFT como seu parceiro?

Começar com banco cognitivo é muito mais fácil com especialistas

A GFT ajudou muitos dos principais bancos do mundo a digitalizar e abraçar novas tecnologias. Temos experiência prática única no trabalho com tecnologias cognitivas e entregamos vários projetos de sucesso.

Um forte ecossistema de parceiros apoiando suas iniciativas de IA

A GFT estabeleceu alianças com fornecedores líderes de tecnologias cognitivas, incluindo Google, IBM e Rulex.

Acreditamos firmemente no potencial das tecnologias exponenciais

IA, nuvem, realidade aumentada e visão computacional desempenharão um papel fundamental ao permitir uma revolução com foco no cliente, liderada por um enfoque empático nas necessidades do cliente em evolução.